Blog

O ministério de louvor precisa de discipulado

Sem comentários

A entrevista desta semana realizada pelo Ministério Life foi com o pastor, ministro de adoração e músico, Adhemar de Campos.

Entre os assuntos conversados, o tema adoração, discipulado e pastoreio se destacaram e assim nortearão esta matéria.

Segundo Adhemar, sua bússola em relação a vida e ministério encontra-se em Efésios 1:12, onde diz que devemos ser para o louvor da sua glória. “Se eu não sou para a sua glória, eu não posso fazer nada para a sua glória. Fora de Cristo nada acontece, Ele é o cabeça! Por meio de Jesus, ofereçamos sempre louvor”, destacou referenciando Hebreus 13:15.

O foco, para Adhemar, precisa ser sempre agradar a Jesus. “As cartas de Paulo são uma escola para a nossa caminhada. Bem como ele diz, o morrer é lucro e o viver é Cristo. Aquele que se alista no exército, alista-se para agradar aquele que o chamou”, enfatizou.

Questionado sobre como ser um ministro de acordo com o padrão de Deus, Adhemar disse que é necessário ter a credencial invisível de João 21:15 a 19, no qual Jesus diz para Pedro apascentar as suas ovelhas em resposta de amor a Ele. Aliás, segundo Adhemar, o problema de ministérios que não fluem é a falta de paternidade e discipulado. “O ministério de louvor da igreja precisa de um pastor específico, com um coração de pai. Aqui em São Paulo eu convidava os meninos para virem na minha casa. Nós jejuávamos juntos e criávamos relacionamentos. O resultado era a glória de Deus no encontro”.

Das marcas claras no bate-papo com Adhemar, com certeza seu hábito de usar a palavra de Deus para corroborar quase que a todo momento seus posicionamentos e opiniões se destacou e gerou edificação. Aliás, aproveitamos para recomendar a todos os músicos cristãos o seu curso que em breve será lançado chamado: Composição a Luz das Escrituras.

Nós do Ministério Life somos gratos por homens como Adhemar que, mesmo com sucesso em uma grande esfera de atuação, manteve a combinação perfeita de um ascendente amor a Cristo com a simplicidade e pureza devidas ao nosso Senhor, pois como bem destacou este querido e experiente pastor: “Quem não tem um amor crescente por Cristo não pode ser um ministro”.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>