Arquivo de janeiro, 2016

ANO NOVO – HÁBITOS ANTIGOS

Sem comentários

Ano Novo – Hábitos antigos? –  Asaph Borba

Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida. Romanos 6:4

Um ano novo chegou. Quando eu era criança, 2016 soava como uma era em um futuro distante mas que finalmente chegou, trazendo consigo desafios e, principalmente, para aqueles que confiam no Senhor, esperança.
A maioria das pessoas, nas quais me incluo, começam o ano com as expectativas renovadas pela fé e otimismo. Fazem propósitos de mudanças de tudo aquilo que identificam não estar bem na vida. Perder peso com dietas e exercícios, novas rotinas de trabalho e estudo e ter mais tempo com os filhos estão entre os alvos mais perseguidos. Para nós cristãos podemos incluir como objetivos, maior intensidade de oração e leitura da palavra de Deus, assim como, mais tempo para servir a Deus, aos irmãos e à igreja.
Porém temos que reconhecer que a realidade mostra o quanto é difícil emplacar qualquer um desses alvos propostos, já que a estagnação dos mesmos nos meses e anos passados, está vinculada a uma imensidão de hábitos que dificilmente serão mudados de um dia para outro. Qualquer mudança, por certo, envolve um investimento de tempo e um grande esforço pessoal que, quando alcançados, trarão benefícios imensuráveis para a qualidade de vida e saúde e um bem estar para quem os conquistam.
A primeira coisa a fazer é conscientizar-se do que, realmente, pode de ser mudado. Em tudo, aprendi que se deve ser realista e extremamente verdadeiro consigo mesmo. Um exemplo disso é quanto ao desejo de mudar a hora de dormir. Entretanto, se temos reuniões, escola ou diferentes atividades à noite, não adianta colocar um alvo de dormir mais cedo que por certo não poderá ser alcançado. Lembro o tempo que estava na faculdade. Trabalhava todo o dia e estudava a noite. Chegava em casa quando minha esposa e filhos me esperavam com a janta às 11 da noite, para termos a refeição juntos e uma comunhão em família. Esta era a realidade. Por isso afirmo, coloque alvos possíveis de serem atingidos em qualquer área da sua vida. No assunto horário, todos querem começar pelo fim e não pelo início. Custei a compreender que não se dorme mais cedo sem acordar mais cedo. O objetivo tem que ser o despertar e não o adormecer.
A segunda coisa é aprender a priorizar o tempo. Um exemplo é com respeito à saúde. Se esta não está boa, fica claro que alvos a cerca do bem estar devem ser urgentes, pois em nosso corpo, o que não está muito bem hoje, fica pior amanhã. Saúde é prioridade. Por isso, hábitos de boa alimentação e exercício são bem vindos sempre. Uma coisa que ajuda, é mapear o tempo com clareza para que se possa ter a visão de quando e onde podemos fazer as atividades propostas. A agendinha ajuda muito. O tempo é um amigo que nunca espera. Por isso para andar bem com ele é necessário pensar em tudo com antecedência. Aprendi a estar antes em qualquer compromisso, tendo comigo sempre, atividades de leitura e escrita que fazem de todas as esperas produtivas. Além do mais, Pensar o tempo é uma fonte inesgotável de tranquilidade.
Terceiro e último ponto é identificar os hábitos. Temos aqueles que são positivos como escovar os dentes de manhã e ao dormir. Porém há aqueles péssimos. Chegar em casa sentar na frente da TV e comer qualquer coisa é um exemplo. Temos muitos maus hábitos, os quais são sempre vinculados ao conforto e comodismo que se ampliam em sua intensidade, com o passar dos dias, trazendo consigo, vagarosamente, os malefícios que não queremos, pois são difíceis de serem eliminados. Quanto aos vícios de alimentação, uma dieta dada por um especialista é melhor ainda pois coloca com propriedade o assunto nos eixos. Isso aconteceu comigo recentemente e me ajudou a entrar no ano mais saudável. Não queira mudar tudo de uma vez. Identifique um mau hábito e coloque o objetivo de eliminá-lo o mais rápido possível. Uma vitória puxa outra e nos anima a continuar. Depois de vencer o primeiro, os outros ficam mais próximos de serem alcançados.
Com esta expectativa, poderei dizer a todos: feliz ano novo em novidade de vida.

Captura de Tela 2016-01-24 às 23.36.31